[ editar artigo]

Feedback em tempo real para gerenciamento ágil de desempenho

Feedback em tempo real para gerenciamento ágil de desempenho

O feedback tem sido um componente crítico do gerenciamento de desempenho. No entanto, com uma nova geração entrando na força de trabalho, mudando as necessidades dos negócios e as exigências cada vez maiores em relação às habilidades para o desempenho nas funções, vêm exigindo processos ágeis de gestão de desempenho e feedback contínuo. 

Algumas pesquisas mostram que um grande universo de funcionários não acreditam que seu desempenho é gerenciado de uma maneira que os inspire a fazer um excelente trabalho. Isso dá o tom de um grande desafio que as organizações enfrentam hoje – as revisões tradicionais de desempenho, via de regra, estão desatualizadas e se mostram ineficientes. 

Embora as revisões anuais tenham sido uma ótima estratégia de gestão de desempenho nos anos 50 e 60, quando o trabalho era estável, previsível e repetitivo, o ambiente de negócios hoje é muito diferente e, portanto, demanda uma nova estratégia de gestão. Com a mudança demográfica no local de trabalho, tecnologias disruptivas entrando em jogo e um mercado de talentos em rápida evolução, as organizações precisam ir além de revisões anuais ou semestrais de desempenho, partindo para alguma forma de gerenciamento de desempenho em tempo real.

As organizações já começaram a tomar nota disso e estão liderando a revolução da gestão de desempenho. Os líderes empresariais percebem que, em vez de responsabilizar os funcionários por comportamentos passados, é mais construtivo dialogar abertamente sobre as contribuições dos funcionários ao longo do ano. Isso também oferece ampla oportunidade para os gestores terem conversas significativas e prospectivas sobre o desenvolvimento profissional e pessoal com o colaborador, resultando em melhor engajamento e melhor produtividade.

Apresentando três maneiras para feedback em tempo real

1) Personalizando um sistema de gerenciamento de desempenho: Cada organização tem necessidades diferentes e, com isso em mente, a organização deve buscar por um sistema de gerenciamento de desempenho flexível, fácil de usar e personalizável. 
Com um sistema disponível, o próximo passo é integrar o feedback em tempo real no fluxo de trabalho dos funcionários para garantir a participação deles.

Adicionar opções como gerenciamento de metas, feedback ponto a ponto e pesquisas de funcionários podem ser ferramentas poderosas para motivação e engajamento.

2) Impulsionando a adoção do sistema: Depois de decidido sobre o conjunto certo de personalizações para o sistema de gerenciamento de desempenho, deve-se se concentrar em impulsionar a adoção em toda a organização. 

Para que a iniciativa de feedback em tempo real seja um sucesso, é crucial que os gestores mostrem que estão alinhados e que adotaram a iniciativa e que estão dispostos a promovê-la na organização como um todo . Afinal, os gestores serão os principais usuários do sistema de gerenciamento de desempenho.

Um workshop de treinamento liderado por um especialista ou pelo fornecedor do sistema, que descreva o propósito do novo sistema de gerenciamento de desempenho e como os gestores poderão fornecer feedback de uma nova maneira, ajudará a reforçar a proposta de valor do feedback em tempo real.

3) Capacitando os funcionários: Um fator-chave por trás do fracasso do processo anual de revisão está ligada à falta de clareza sobre como as metas individuais dos funcionários estão ligadas aos objetivos gerais dos negócios. Se os funcionários não têm certeza de como seu trabalho contribui para o desempenho do negócio, como eles podem avaliar se, estão de fato, agregando valor para a estratégia e o sucesso da empresa da qual fazem parte?
É aí que o RH, os gerentes de linha e a liderança da empresa precisam intervir, adotando uma política de transparência e comunicando a importância da função e responsabilidades do colaborador e como isso se alinha aos objetivos mais amplos do negócio. 
Estudos mostram que organizações com missão, visão e valores claramente estabelecidos apresentam níveis mais altos de inovação e mais altos de retenção. Por isso, é fundamental manter canais abertos de comunicação com os colaboradores.

Com ferramentas como a intranet da empresa, blogs e boletins internos à disposição, os colaboradores precisam ser incentivados a promover suas próprias conquistas. Lembre-se, a gestão de desempenho não é uma via de mão única; dar aos funcionários a capacidade de fornecer feedback e oportunidades para iniciar conversas ou fazer check-in com os gerentes de linha garantirá uma maior probabilidade de sucesso.
 
À medida que a organização se prepara para o futuro do trabalho, é crucial criar processos que resultem em ter o talento certo nas posições certas. Construir uma cultura aberta e orientada ao desempenho é um processo gradual, no entanto, o feedback em tempo real é um poderoso catalisador que pode ajudar as organizações a chegarem lá, mais rápido.


 

Ler conteúdo completo
Indicados para você