[ editar artigo]

Hotel Ruanda - Sinopse do Filme que dá uma lição sobre gerenciamento de crises

Hotel Ruanda - Sinopse do Filme que dá uma lição sobre gerenciamento de crises

A diversidade étnica no continente africano é um dos fatores responsáveis pelo desencadeamento de vários conflitos armados, no entanto, muitas dessas guerras no continente são consequências dos processos de colonização e descolonização dos países africanos, pois os colonizadores não respeitaram as diferenças culturais entre as diversas etnias, separando grupos que viviam em harmonia e, muitas vezes, colocando em um mesmo território grupos rivais. Essa atitude contribuiu bastante para intensificar os problemas na África, após terem explorado a riqueza do continente, os europeus deixaram o território com graves problemas econômicos, sociais e uma série de conflitos separatistas e étnicos.

Um dos maiores exemplos de lutas entre diferentes grupos étnicos foi entre hutus e tutsis em Ruanda. Até a Primeira Guerra Mundial essa região pertencia à África Oriental Alemã. Em 1919, após a derrota dos alemães na guerra, os belgas assumiram o controle do território.

Em abril de 1994, retornando de uma conferência na Tanzânia, os presidentes hutus de Ruanda e Burundi foram vítimas de um acidente aéreo. A morte desses líderes desencadeou a volta dos massacres. Este fato gerou um conflito político em Ruanda levou à morte de quase um milhão de pessoas em apenas cem dias.

Em Ruanda, estima-se que 13% da população tenha morrido no genocídio promovido em 1994 pelos hutus, sendo 90% desse total da minoria tutsi, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU).

Sem apoio dos demais países, os ruandenses tiveram que buscar saídas em seu próprio cotidiano para sobreviver. Uma delas foi oferecida por Paul Rusesabagina (Don Cheadle), que era gerente do hotel Milles Collines, localizado na capital do país.

Hotel Ruanda é um filme baseado na história real de Paul Rusesabagia, que pertence ao grupo étnico hutu, e em 1994, durante perseguição aos tutsis, Rusesabagia abrigou 1.200 tutsis no Hotel Ruanda, local em que trabalhava. Abrigou as pessoas durante o conflito arriscando a própria vida inúmeras vezes. Ou seja, é um filme inspirador para discutir como os líderes podem se doar, na prática, para suas equipes.

O Filme traz uma excelente histórias para debater com seus gestores sobre o gerenciamento de crises.

Falta de orçamento não é desculpa para cancelar treinamentos voltados para as lideranças da sua empresa. É possível promover ações interessantes e que provoquem discussões e construção de conhecimento com iniciativas simples, como a discussão de filmes, basta apenas planejamento e organização.

Bom Filme!!

Fonte: https://www.geledes.org.br/o-filme-hotel-ruanda/

 

 

 

 

 

Polo de Liderança Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você