[ editar artigo]

Nelson José Rossi - O líder inspirador da empresa Grendene

Nelson José Rossi - O líder inspirador da empresa Grendene

Escrevo sobre a trajetória de um líder atuante no município em que moro. A princípio, pareceu-me uma tarefa difícil, especialmente pelo olhar criterioso que tenho na definição dos valores e princípios que esta pessoa precisaria ter para me levar a esta escolha. Mas, para minha “sorte”, o universo conspirou mais uma vez a meu favor, trazendo o nome de Nelson José Rossi ao meu consciente e, é claro, que com esta referência não tardei a fazer o convite para que ele me privilegiasse contando sua história. Meu pedido foi prontamente atendido e, assim, posso compartilhar com vocês tanto aprendizado, tanto encantamento e tanta admiração pela história profissional e humana deste líder empresarial, que ocupa o cargo de Diretor Industrial da empresa Grendene SA, contemplando os parques fabris de Sobral, Crato e Fortaleza no Ceará e Farroupilha no Rio Grande do Sul.

Nelson Rossi é natural do Rio Grande do Sul, filho de agricultor e de professora primária;  compartilhou com mais 5 (cinco) irmãos os exemplos de honestidade, bom caráter e educação, dados por seus pais, com quem, também, aprendeu que o reconhecimento pelo trabalho vem de muita dedicação, engajamento e esforço realizado. Esses valores e princípios norteiam, ainda hoje, sua vida, seus comportamentos e suas decisões.

Desde muito cedo já apresentava traços de lideranças e iniciativas, sendo eleito para líder de classe, líder do grêmio estudantil, conduzindo movimentos e eventos que demandavam ações em prol do bem comum para os seus liderados.  Precisou exercer o protagonismo desde cedo para buscar melhores condições de vida para sua família, e, saindo da “roça” em direção à cidade grande, de Farroupilha, precisava colaborar com o sustento deles. E nesse passo, sua trajetória profissional se inicia aos 12 anos como office boy de um escritório de contabilidade, onde trabalhou os dois anos seguintes. Já dos 14 aos 17 anos, teve sua primeira experiência na atividade fabril. A partir dos 17 anos inicia sua história na Grendene, história cheia de muitos aprendizados, muita dedicação, desafios, superações e reconhecimentos.

Sua chegada na empresa já lhe lançou o primeiro desafio de trabalhar como matrizeiro, função esta que lhe levou a se capacitar no curso de mecânica de matrizaria, que era realizado no município de Caxias, vizinho a Farroupilha. Durante os três primeiros anos de empresa a sua jornada consistia de trabalho durante o dia e o curso à noite. No terceiro ano da qualificação, pelos excelentes resultados já percebidos de sua atuação, se tornou auxiliar de matrizeiro do seu setor. Aos 22 anos de idade, contando 5 anos de empresa, recebeu outro reconhecimento por sua atuação dedicada, através do convite para assumir a supervisão de produção de uma das fábricas da Grendene, o que lhe gerou a enorme responsabilidade de entender o processo sistêmico de produção de calçados e, especialmente, de liderar um grande número de colaboradores. Quem teve a oportunidade de ouvir dele a história, sabe que o frio na barriga e o medo que ele sentiu neste momento o impulsionaram ainda mais para atender e superar as expectativas de seus superiores. Trabalho árduo, que lhe demandou muita observação, muita análise, aprendizados e empatia. Sim, ele demonstrou mais uma vez para a empresa que era exemplo de confiança, engajamento, interesse em aprender e geração de resultados. Neste período, a Grendene lançava as marcas Melissa e Rider, um “boom” de crescimento que levou a empresa a expandir negócios, ampliar a produção, diversificar produtos e a consolidar a marca Grendene como a maior empresa de calçados do nosso País. A empresa cresceu e Nelson Rossi colaborou com este crescimento e cresceu junto. Em seguida, assumiu o cargo de supervisor técnico da empresa. Já atuando no quadro estratégico recebe o convite para o seu maior desafio profissional e pessoal, deixar seu berço natal, suas raízes, sua família e ir protagonizar em um outro ambiente totalmente diferente: culturalmente, socialmente e profissionalmente. A Grendene chega em Sobral em 1994 e com ela Nelson Rossi.

Analisem e tentem mensurar o quanto foi difícil e desafiador esse momento, além de estar longe da família a alta responsabilidade de colaborar com a implantação de uma fábrica de calçados no interior do Ceará, onde não havia nenhuma experiência e qualificação das pessoas no segmento. Vontade de desistir e voltar !!!! Isso jamais passou pela cabeça dele, não foi isso que ele aprendeu com seus pais e sim, ir adiante !!! Se superar a cada dia, a cada novo obstáculo, com determinação e a crença de que as pessoas podem se tornar melhores, podem se qualificar e se tornar profissionais de referência. Foi acreditando nisso, olhando para as pessoas e contribuindo com a qualificação e o crescimento profissional delas, que a Grendene superou todas as expectativas de crescimento em Sobral e, como ressonância, Nelson Rossi acompanhou esta evolução, passou pelos cargos de gerente de departamento, gerente divisional, gerente geral até chegar ao mais alto escalão da empresa, ao cargo de Diretor Industrial dos Pólos de Sobral, Crato, Fortaleza e Farroupilha.  

“ Tu pode errar por ter tentado,

Não pode errar por ter omitido

Não existe perdão para a omissão

Nunca me perdoaria por não ter tentado.”

Nelson Rossi

Hoje, toda essa experiência, esse olhar para o passado é turbina para que Rossi avance mais, um avanço todo temperado pela sede de novos conhecimentos, inovações constantes, novos aprendizados, do aperfeiçoamento na relação de empatia com as pessoas, do gerar comprometimentos e resultados para a empresa e para sua equipe.

A persona de Rossi se confunde com a persona da Grendene, histórias de parcerias construídas há 42 anos. Há quem diga que foi e é sorte !!!!  Eu, jamais diria isso, isso se chama retorno do universo, resposta mais que merecida de tanta energia desprendida para colaborar com uma empresa, história de uma sintonia de valores, objetivos, esforços que, claro, geraram excelentes resultados. História esta, que não tem final, afinal Nelson José Rossi tem muito a contribuir, muito a inspirar as pessoas que como eu, aprendo a admirá-lo a cada dia.

Suilany Teixeira.

Polo de Liderança Sebrae
ANTONIA SUILANY TEIXEIRA BARBOSA
ANTONIA SUILANY TEIXEIRA BARBOSA Seguir

Formada em Administração de empresas e especialista em gestão de pequenos negócios pela FGV. Há 18 anos compõe o corpo de analista do SEBRAE CE e atualmente gerencia o escritório regional com sede em Sobral e atende a 24 municipios.

Ler conteúdo completo
Indicados para você