[ editar artigo]

O Impacto Organizacional da Liderança e da Ética

O Impacto Organizacional da Liderança e da Ética

As organizações modernas têm uma rede interdependente de funções e funcionários, onde alguns funcionários têm autonomia e podem ser livres para explorar suas habilidades, com laços suaves com os sistemas de gestão e a hierarquia, e outros funcionários tem linhas diretas com as supervisões.

Seja por abordagens inspiradoras em tempos de crise ou simples liderança carismática para inspirar mudanças necessárias, a liderança é a faísca que pode acender o fogo da mudança sustentável em qualquer organização. 

Medir o impacto organizacional de uma liderança eficaz não é uma tarefa simples. Algumas medidas comumente usadas incluem autoavaliação dos funcionários sobre sua satisfação e moral no trabalho, índices de desempenho da unidade de trabalho e avaliações dos superiores sobre a moral de seus funcionários.

As avaliações dos funcionários têm a vantagem de ter um grande grupo de avaliadores, mas uma de suas maiores desvantagens é que os vieses dos funcionários desmotivados podem distorcer os resultados da pesquisa. Os índices de desempenho da unidade de trabalho são formas quantificáveis de medir os resultados da liderança, mas a desvantagem de tais métodos é a possibilidade de que os resultados sejam devido a fatores além do controle do líder.

Por outro lado, as avaliações dos superiores são um dos métodos mais usados, mas essa abordagem está sujeita aos vieses do avaliador ou à sua incapacidade de fornecer feedback assertivos.

Os resultados organizacionais da liderança eficaz geralmente são de organizações com culturas prósperas e desempenho sustentável. São inúmeros os relatos de líderes que mudaram o rumo de suas organizações. A liderança eficaz tem um impacto significativo na composição de uma organização, mas o mais importante é que a liderança pode moldar a cultura da empresa de tal forma que a abordagem que os líderes adotam pode se tornar a pedra angular do sucesso contínuo de qualquer organização.


Liderança e Ética

A economia mundial atual exige líderes que se comportem de forma ética e promovam culturas organizacionais nas quais os funcionários sejam incentivados a se comportar eticamente em seu trabalho diário.
A liderança moral refere-se à capacidade de um indivíduo distinguir o certo do errado e escolher fazer o certo dentro do conceito de gestão empresarial.

Líderes morais são aqueles que conseguem conduzir os negócios lembrando que o sucesso de uma organização também depende de valores, não apenas do desempenho financeiro.

Um relatório emitido pela Comissão Europeia descobriu que a ética é o melhor preditor de confiança nos líderes, respondendo por 62% do que os seguidores valorizam como importante na definição de um líder de sucesso. A percepção que os seguidores têm sobre o comportamento ético de seu líder determina como os valores morais de um líder são medidos. Embora a liderança ética tenha um impacto mais direto na capacidade do líder de influenciar os membros da organização, há também o impacto financeiro negativo experimentado pela empresa quando ou se um líder decide se comportar de forma antiética.

O conceito de liderança moral é mais relevante nas organizações contemporâneas, pois as equipes de gestão não estão mais interessadas apenas em funcionários fáceis de gerenciar, mas sim em indivíduos que podem se distinguir pelo uso de valores éticos em seu trabalho diário. 

As organizações baseadas em valor são a nova abordagem nos negócios, e as empresas se esforçam para ter culturas nas quais todos os funcionários compartilhem os valores centrais da empresa. 

A liderança moral lida com valores que vão desde comportamentos com repercussões legais até valores simples como tratar bem os colegas de trabalho e subordinados. 
A liderança moral é mais do que uma simples técnica de eficiência financeira. Requer um claro compromisso de valores, caráter moral e bom senso moral. 

A qualidade e a natureza dos líderes no mundo de hoje são mais importantes do que nunca; especialmente em ambientes em que a proficiência dos indivíduos em cargos de liderança é julgada por mais do que apenas o desempenho financeiro das organizações que lideram.
Inevitavelmente, o sucesso dos líderes requer o apoio de todos os membros da organização que os seguem e trabalham com eles como contrapartes.

Os líderes devem entender a importância de gerenciar suas emoções, selecionar a melhor estratégia de liderança com base na situação, mas, mais importante, devem perceber a importância de entender as emoções, personalidades e expectativas daqueles que lideram.

À medida que a demanda e a compreensão da liderança evoluem, os profissionais de liderança devem continuar a se concentrar na base fundamental da liderança; isto é, alcançar o sucesso organizacional influenciando efetivamente aqueles ao seu redor.

Polo de Liderança Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você