[ editar artigo]

O perfil da Mulher Empreendedora

O perfil da Mulher Empreendedora

Com a pandemia do vírus Covid-19, houve um aumento disparado entre o número de desempregados, onde dentre estes, as mulheres foram as mais atingidas.  

A saída que essas mulheres encontraram para manter a renda foi a de empreender em pequenos negócios. Estas mesmas empreendedoras que enfrentam diversos obstáculos para ser reconhecida no mercado, ter acesso ao crédito ou mesmo encontrar um investidor, são solução para a crise que o mundo enfrenta. Responsáveis muitas vezes pelo sustento da casa, não falta criatividade e disposição para empreender em novos mercados.

As razões emocionais acabam impulsionando a decisão de abrir novos negócios. A gestão feminina se faz cada vez mais fortes nas áreas da beleza, moda e alimentação.

Estas mulheres trabalham com o que gostam, tem flexibilidade nos horários e conseguem uma renda maior. E ainda como bônus atingem a independência financeira. São mais analíticas e detalhista, fazendo que o sucesso perdure.

Pesquisas apontam que elas têm escolaridade superior aos homens, dedicam mais horas para capacitações e ajudam umas, as outras, fato que dificilmente identificamos no universo masculino.

As características mais marcantes dessas mulheres empreendedoras são:

Ser apaixonada pelo que faz; Sabe liderar a equipe; Busca constante para aprimorar o conhecimento; É flexível; e Tem aptidão para negociar.

Uma pesquisa realizada pela Rede de Mulheres empreendedoras traçou o perfil destas mulheres e o estudo aponta com que elas têm em média 39 anos, tem curso superior, casadas, com filhos.

Confira abaixo outros dados levantados nesta pesquisa:

  • 3 em cada 10 negócios representam o sustento único da família.
  • A maior concentração de empreendedoras está no setor de Serviços (69%), seguido de Comércio (25%) e terceiro setor.
  • 32% dessas mulheres são MEIs
  • 23% micro empresárias e 19% ainda está na informalidade.
  • 46% fatura até R$ 5 mil e apenas 4% tem rendimentos acima de R$ 50 mil.
  • 60% não tem sócios e 37% empregam apenas mulheres.
  • 37% iniciaram seu empreendimento sem capital inicial e não procuraram empréstimos bancários

  • 86% das empreendedoras não se planejaram antes de iniciar um negócio.

Fonte: Rede Mulher Empreendedora

Polo de Liderança Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você