[ editar artigo]

Sertão Precioso: artesão cearense se inspira no sertão e vende joias até para a Europa

Sertão Precioso: artesão cearense se inspira no sertão e vende joias até para a Europa

As pedras do meio do caminho do Designer Francisco Rabelo foram transformadas em degraus sim, mas também em joias artesanais que reluzem nos olhos de seus clientes em qualquer lugar do mundo. Desde criança, Francisco Antônio Rabelo transforma pedras rústicas e matéria prima em joias preciosas. Os anéis, colares e brincos fabricados a partir da produção artesanal são vendidos em outros estados brasileiros e, inclusive, no exterior. Atualmente designer de joias, Francisco Rabelo sempre se interessou  por arte. Ele transformou a paixão em profissão. Para isso, ele usa matéria-prima que encontra no sertão central, pedras rústicas e as transforma em joias preciosas inspiradas na fauna e na flora do semiárido nordestino.

Após muito trabalho, o cearense teve a ideia de criar a empresa Ceará Designer, que leva peças lapidadas no semiárido de Quixeramobim para todo o Brasil e exterior. São anéis, colares, brincos, pulseiras e braceletes, todos idealizados a partir de técnicas de produção artesanal e inspirados em artigos do sertão.

Pedras como turmalina, água marinha e citrino também se transformam em peças luxuosas nas mãos de Francisco. O que torna o seu trabalho especial é o cuidado que tem ao explorar recursos naturais renováveis sem agredir o meio ambiente. Ele também ensina a técnica a outros artesãos e gera mais oportunidades de emprego.

A arte minuciosa e delicada ultrapassou as fronteiras da América Latina e as pelas são exportadas até para países da Europa. Francisco Antônio também dá show de solidariedade e ensina a arte da lapidação de pedras para garotos da comunidade onde mora, com o Projeto “Nós da Comunidade”. O sertão precioso, inspira e lapida líderes do quilate de Rabelo. E nós, ficamos gratos de conhecer sua trajetória.

Polo de Liderança Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você